Search
  • ruasdemaua

CURIOSIDADE: os limites do distrito de Mauá (1951)

Lei nº 665, de 26 de dezembro de 1951 - Dispõe sobre os limites do Município de Santo André


Conforme a Lei Municipal nº 665, de 26 de dezembro de 1951, em seu artigo 2º, eis os limites da Zona Urbana do Distrito de Mauá (que à época pertencia àquele município):


“Começa na Barra do Córrego Taboão, no Rio Tamanduateí; sobe por este Rio até defrontar o prolongamento da Rua Santos; segue à esquerda por este prolongamento na extensão de trezentos metros a partir do Rio Tamanduateí; deste ponto por uma perpendicular, segue até encontrar uma estrada que vai ter às Indústrias de Kaolim, de André Magini; segue à direita, por esta Estrada até a ponte do Rio Tamanduateí, na Rua Justino Paixão, sobe por este rio até a R. D. Pedro II; segue a esquerda pelo prolongamento desta rua extensão de trezentos metros; deste ponto por uma linha oeste-este, caminha na extensão de seiscentos e sessenta metros; deste ponto vai em reta à Avenida Barão de Mauá, no ponto situado a cem metros este do Córrego da Bocaina; deste ponto por uma paralela do Córrego da Bocaina caminha até a Estrada da Pedreira deste ponto vai em reta a Estrada de Ferro Santos a Jundiaí, no ponto situado a trezentos metros sul da Rua Anchieta; segue com a mesma direção até cem metros além da faixa da Light; deste ponto por uma paralela dessa faixa segue até encontrar o Córrego Taboão; descendo por estes segue até a sua barra, no Rio Tamanduateí, onde tiveram começo estas divisas”.


Gostou dessa curiosidade? Compartilhe!




22 views0 comments

Recent Posts

See All